ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS, FAMILIARES E DOENTES MENTAIS DE LONDRINA
A dor nos uniu no conforto da esperança


  AFDM - LONDRINA

   DECLARADA DE UTILIDADE PÚBLICA MUNICIPAL  LEI  Nº  7.713,  DE 29 DE ABRIL DE 1999.

  

AFDM - Londrina tem como principal objetivo defender os direitos dos doentes mentais quanto as suas necessidades de tratamento:-
Ambulatorial
Hospital-Dia
Internação Integral
Oficina Terapêutica
  Acesso às medicações,
   
buscando constantemente melhoria da sua qualidade de vida.
    
COMPOSIÇÃO
DA
DIRETORIA:
Presidente - Srª. Clara Lúcia Sampaio Brasil
Vice-Presidente - Srª. Yara Pistelli de Moraes
1º Secretária - Srª. Maria Angélica da Silva
2º Secretária - Srª. Leonize Formigone
1º Diretor tesoureiro - Sr. Admar Vidigal
1º Diretor tesoureiro - Srª. Denise Kimura de Souza
 

Quem pode associar-se?

  • Toda e qualquer pessoa interessada em participar desse movimento em favor do doente mental.

Onde?

Rua Piauí, 1114 - Londrina - PR.
Telefone: (43) 323-0119
Horário: De segunda-feira a sexta-feira
           08:30 às 11:00 horas.
           14:30 às 17:00 horas.

Aproveite algumas conquistas que já alcançamos, por exemplo,  alguns convênios que irão beneficiá-lo.

AGUARDE NOVAS INFORMAÇÕES NESTE MESMO SITE.

ASSOCIE-SE e mande sugestões: UNIDOS VENCEREMOS !!


     

   


 

Mudanças no CMS contemplam mais entidades

 

O  prefeito Nedson Micheleti oficializou no dia 23 de julho as mudanças na composição do Conselho Municipal de Saúde de Londrina (CMS), criado pela Lei 4.911 de dezembro de 1991. A mudança foi proposta pelo Executivo, pela Lei 8.445/01.

O prefeito Nedson Micheleti avalia como positiva a mudança já que era uma deliberação desde a 4ª Conferência Municipal realizada em 1994. Para ele, a nova composição atende às expectativas do setor saúde à medida que dá  oportunidade a novas entidades de serem representadas no CMS. “Essa composição é um avanço na consolidação do controle social e do próprio Sistema Único de Saúde”, analisa o prefeito.

Membro do Conselho Municipal de Saúde - seguimento do usuários 
(da esquerdas para direita), Vereadora Márcia Lopes, 
Sr. Prefeito Nedson Micheleti, o presidente do CMS, Silvio Fernandes,  
Vereador André Vargas (Presidente do Diretório Estadual PT - PR) 
e
Membro do Conselho Municipal de Saúde - seguimento do prestadores 
na oficialização das mudanças do conselho

A principal mudança é referente ao número de conselheiros. De 16 membros titulares e 16 suplentes, o CMS passa a ter 24 membros titulares e 24 suplentes. “As mudanças foram propostas pelo Executivo cujo texto da lei foi previamente aprovado em consenso pelos conselheiros municipais”, enfatiza o presidente do CMS Silvio Fernandes da Silva.

A partir de agora, o CMS passa a ter doze representantes de entidades dos usuários dos serviços de saúde, cinco representantes de trabalhadores dos serviços de saúde, dois representantes dos gestores públicos e cinco representantes de entidades prestadoras de serviços de saúde, os quais serão eleitos durante as conferências.


  
  

Informações Úteis

          
      
  
   

  [ Voltar ]

[ Inicial ]

[ Leia Mais ]